terça-feira, 17 de outubro de 2017

Medicilândia: 72h após assalto, ninguém foi preso e buscas na mata foram suspensas


Segundo informações da Polícia Militar em Medicilândia, no sudoeste do Pará, dentro da área de mata foram suspensas nesta segunda (16), o motivo segundo um coronel que participa das buscas, é por não haver mais rastros dos criminosos na área indicada, eles fugiram levando 8 reféns e duas caminhonetes pelo travessão do km 95 Sul, após o assalto ao Banpará na última sexta-feira (13), os veículos foram abandonados e os reféns liberados à cerca de 9km próximo a uma ponte na região da vila Pacal. Segundo o Tenente Coronel Josiel Rocha, o serviço agora é de inteligência e sondagem, para tentar localizar os criminosos.
“Não estamos mais dentro da mata, porém as buscas aéreas, patrulha na área onde eles estavam e o serviço reservado continuam atuando firmemente na tentativa de localizar e prender os criminosos, estamos com equipes da COE, equipes do GRAESP além das guarnições de apoio de Altamira e equipes do pelotão aqui de Medicilândia, todos empenhados nessa caçada aos assaltantes” explicou Tem. Cel. Josiel Rocha
Edlene Gonçalves correspondente do Xingu230 relata que a cidade vive o clima de medo no município, após duas ações criminosas a população viu a cidade se transformar em campo de guerra.
“Já se passaram aí mais de 72 horas do assalto à agência do Banpará e a cidade ainda está assustada, moradores temerosos, os criminosos que fizeram reféns e atiraram várias vezes no centro urbano do município levaram não só dinheiro, mas a paz e o sossego aqui da cidade” Explicou Edlene
Já são três dias de buscas intensas na área de mata, quando dezenas de policiais iniciaram na tarde da última sexta-feira, uma operação para tentar capturar pelo menos 8 criminosos que estão fortemente armados, imagens de celular registraram os momentos de pavor, tiroteio, correria, carros com reféns e pânico pelas ruas da cidade. Até o momento ninguém foi preso.
De acordo com o Sindicato do Bancários até outubro de 2017 foram registrados 52 ocorrências de assaltos a banco, 47% a mais comparado com 2016 que foram 46 casos. Desse total de ocorrências registradas, 31 casos foram consumados e 21 apenas tentativas. Ainda segundo o sindicato a fragilidade de algumas agencias tem facilitado a ação dos criminosos.
Entenda:
Por volta do meio dia desta sexta (13) em Medicilândia no sudoeste do Pará, pelo menos 8 bandidos fortemente armados fizeram um assalto na agência do BanPará, muitos tiros foram disparados no centro da cidade, uma pessoa chegou a ser atingida pelos tiros mas foi socorrida e não morreu, clientes entraram em desespero, a praça da cidade virou campo de guerra. Os criminosos fugiram em duas caminhonetes com 8 reféns, os veículos e as vítimas foram liberadas.
A polícia militar pediu reforços de Altamira e patrulha aérea, equipes se embrenharam na mata em busca dos criminosos, mas ninguém foi encontrado até a segunda (6).
Segundo assalto:
Essa é a segunda ação criminosa na cidade, dia 01 de Agosto deste ano, cerca de 11 homens também fortemente armados fizeram uma ação com essas mesmas características porém usaram explosivos para abrir caixas eletrônicos no Banco do Brasil, reféns também foram levados e um carro incendiado em uma ponte na BR230, sentido Uruará, até agora ninguém foi preso, nessa primeira ação ninguém se feriu.
Por: Felype Adms e Edlene Gonçalves | Xingu230
Portal de Notícias Xingu230 

POLÍCIA CIVIL PRENDE EM FLAGRANTE AUTORES DE CRIMES EM ANAPÚ

A Polícia Civil prendeu em flagrante, nesta quarta-feira, 11, Italo Henrique Bartolomeu Abreu, conhecido como “Mabel”, e Railan Costa de Carvalho, no município de Anapu, sudoeste paraense. Ambos são acusados de cometer os crimes de tentativa de latrocínio, maus tratos a animais, posse ilegal de arma de fogo e munição e receptação dolosa. Após a prisão em flagrante feita pela Polícia Civil, a Justiça manteve o flagrante e os presos irão permanecer recolhidos para responder pelos crimes.
Segundo o delegado Rubens Mattoso, que coordenou a operação, o crime ocorreu no dia 08, deste mês, contra Gustavo Silva dos Santos. "O suspeito Italo Henrique teve ajuda de um comparsa, Eles estavam em uma motocicleta e teriam desferido um tiro contra um cachorro e posteriormente dois tiros na direção da vítima", detalha o delegado. Os tiros atingiram a cabeça e o pescoço de Gustavo Silva, que foi encaminhado para o hospital regional de Altamira, sudoeste paraense.
Nas investigações do crime, a equipe policial descobriu que Railan Costa teria emprestado um revólver calibre 38 para Italo Henrique e o comparsa efetuarem o assalto. Com Railan Costa, os policiais encontraram o telefone celular da vítima, a arma de fogo, três cartuchos deflagrados e um cartucho intacto.
A vítima, que já está estabilizada e não corre perigo de vida, reconheceu Italo Henrique como o autor do crime. Railan Costa de Carvalho e Italo Henrique Bartolomeu Abreu já estão recolhidos à disposição da Justiça. A Polícia Civil continuará com as investigações para localizar e identificar o terceiro envolvido no crime.
PC-PA

MULHER MATA AMIGA COM 32 FACADAS PORQUE ELA MALTRATOU BEBÊ

  • IMPRIMIR
Mulher mata amiga com 32 facadas porque ela maltratou bebê (Foto: JR Avelar/Diário do Pará)
(Foto: JR Avelar/Diário do Pará)
Uma mulher matou outra com 32 facadas na manhã do último domingo (16) em uma comunidade rural do Furo das Marinhas, em Mosqueiro. O corpo da vítima, que só foi descoberto nesta segunda-feira (16) no km 15 da PA-391, foi identificado como Paula Fernandes Filgueiras, de 20 anos. Com quem a autora do crime, Fabiane da Silva, também de 20 anos, vivia junto em um barracão.
De acordo com informações, o crime foi motivado porque a vítima teria maltratado o filho de 11 meses da acusada, enquanto esta fazia compras.
Fabiane foi levada para a seccional urbana de Mosqueiro. Ela confessou que teve ajuda para executar a ação e insinuou também que matou a mulher por conta de ciúmes.
(Foto: JR Avelar/Diário do Pará)
A Polícia Militar foi procurada pela família da acusada, que foi presa e disse onde enterrou o corpo. "Nós fomos até o local e localizamos o corpo que estava insepulto, aparecendo os pés. Comunicamos o Corpo de Bombeiros, que fez a retirada até este local para o trabalho da perícia", explica o cabo Vilhena do 25º BPM de Mosqueiro.
As peritas Carolina Tavares e Creuza Ferreira do Instituto de Criminalística confirmaram pelo menos 32 facadas no corpo de Paula. "As perfurações são típicas de uma faca afiada de grande porte", explica Tavares.
Depois de prestar depoimentos e ser levada ao IML para exames, Fabiane foi encaminhada para o Centro de Recuperação Feminino no Coqueiro.
(Com informações do JR Avelar/Diário do Pará)

terça-feira, 10 de outubro de 2017

Gás de cozinha sobe 12,9% a partir de quarta-feira

O preço do gás de cozinha (GLP) nas refinarias será aumentado em 12,9% a partir de quarta-feira, divulgou a Petrobras nesta terça. Este é o segundo aumento no preço cobrado nas refinarias em menos de um mês.
O preço do GLP é um dos fatores que determinam o preço final do botijão de gás comprado pelo consumidor – além de impostos e margem de lucro, por exemplo. A Petrobras estima que se o reajuste for repassado integralmente pelos distribuidores, ele representará um adicional de 3,09 reais (cerca de 5,1% do preço final).
Segundo a estatal, o aumento anunciado nesta terça ocorre em razão das variações do produto no mercado internacional. A última alta nas refinarias, que entrou em vigor a partir do dia 26 de setembro, foi de 6,9%.
O preço médio do botijão de 13 quilos pago pelo consumidor no país era de 62,21 reais na última semana, segundo levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Os valores estão em alta há cinco semanas consecutivas.

Receita Federal libera consulta ao 5º lote de restituição do Imposto de Renda 2017


Fisco pagará R$ 3 bilhões para 2.420.458 contribuintes; depósitos serão feitos em 16 de outubro.
Consulta
Malha fina

Receita Federal liberou a partir das 9h desta segunda-feira (9) as consultas ao quinto lote do Imposto de Renda de Pessoas Físicas de 2017. Este lote também inclui restituições residuais de 2008 a 2016.
Ao todo, serão pagos R$ 3 bilhões para 2.420.458 contribuintes. Os depósitos serão feitos em 16 de outubro. Segundo a Receita, R$ 99,28 milhões serão liberados para 2.849 contribuintes idosos ou com deficiência física ou mental, que têm prioridade por lei em receber os valores.
Por volta das 10h, a Receita informou ao G1 que não havia registros de instabilidade ou problemas no acesso ao site.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deve fazer a consulta no site da Receita. A consulta também pode ser feita pelo telefone 146.
A Receita também oferece aplicativos para tablets e smartphones, que permitem a consulta às declarações do Imposto de Renda.
O prazo para envio da declaração de IR 2017 terminou às 23h59 de 28 de abril. A Receita informou ter recebido 28.524.560 de declarações.


No fim do ano passado, a Receita Federal informou que 771 mil declarações estavam retidas na malha fina do IR de 2016 devido a inconsistências nas informações prestadas.
Nos últimos anos, a omissão de rendimentos foi o principal motivo para cair na malha fina, seguido por inconsistências na declaração de despesas médicas.
Para saber se está na malha fina, os contribuintes podem acessar o "extrato" do Imposto de Renda no site da Receita Federal no chamado e-CAC (Centro Virtual de Atendimento).
Para acessar o extrato do IR é necessário utilizar o código de acesso gerado na própria página da Receita Federal, ou certificado digital emitido por autoridade habilitada.
Após verificar quais inconsistências foram encontradas pela Receita Federal na declaração do Imposto de Renda, o contribuinte pode enviar uma declaração retificadora.
Quando a situação for resolvida, o contribuinte sai da malha fina e, caso tenha direito, a restituição será incluída nos lotes residuais do Imposto de Renda.

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

HOMEM NÃO IDENTIFICADO E ENCONTRADO MORTO NA ZONA RURAL DE ALTAMIRA


A Polícia Militar foi acionada por volta das 18:30hrs do início da noite desse Domingo (08), para atender uma ocorrência de homicídio na zona rural de Altamira no Sudoeste do Pará.
O crime aconteceu no Ramal Monte Santo e segundo informações dos moradores foide que eles teriam ouvido tiros e minutos depois um rapaz resolveu ir até a roça de macaxeira que fica nos fundos da propriedade do pai paradar uma olhada e saber o que tinha acontecido e ao chegar no local de onde ele teria ouvido o tiro, o se deparou com um homem morto por um tiro de espingarda. Diante da situação o jovem acionou a Polícia Militar que foi até o local para averiguação .
O Corpo de Bombeiros Também chegou a ser Chamado mais a Vítima jáestava em morta. Ninguém soube informara sobre o que teria motivado ocrime ou um possível acusado.
A Polícia Civil e IML foram informados do homicídio e foram até o local para os procedimentos cabíveis.
Até o momento a vítima não foi identificada.
Fotos e Informações: Facebook/Carlos Calaça

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

POLÍCIA CIVIL INVESTIGA DESAPARECIMENTO DE PROFESSORA EM ANAPU


Sidalha Pereira da Silva, de 33 anos, tinha uma vida corrida. A Professora concursada da rede municipal trabalhava na escola Municipal de Ensino Fundamental Hermes da Fonseca, localizada na Vila Seca, na Vicinal do Ajacques, na zona rural do munícipio de Pacajá, que faz fronteira com o munícipio de Anapu. Além disso, ela cursava a faculdade de História no município de Novo Repartimento e tem uma residência em Anapu, onde mora com os três filhos. Aos finais de semana, a funcionária Pública costumava ir para a casa dela em Anapu.No dia 22 do mês de setembro, a professora saiu da escola onde trabalhava e foi pra casa.Ela saiu de casa para negociar uma motocicleta com o ex-marido, encostou a porta, trancou o portão e saiu, era por volta de nove horas da manhã. Com a roupa do corpo, Sidalha saiu e nunca mais foi vista.O aniversário do filho foi no último dia 25, o menino não pôde comemorar, pois a mãe não estava por perto e a preocupação havia tomado conta da família. A vítima que nunca havia se ausentado de sua casa por um longo período de tempo como esse. Pai e irmãos de Sidalha foram até Anapu para ajudar nas buscas pela professora.A classe dos professores do município de Pacajá e os Sindicatos dos Trabalhadores do mesmo município e de Anapu começaram a se mobilizar em busca de explicações pelo seu desaparecimento. Revoltados com o sumiço da professora na última sexta-feira (29), os trabalhadores, amigos, familiares e sindicatos decidiram se reunir para chamar atenção das autoridades.Durante a sessão na Câmara de Vereadores do município de Anapu, foi realizada uma manifestação pacífica pedindo mais atenção ao caso e agilidade nas investigações.Os parlamentares decidiram apoiar a manifestação que foi até a delegacia de Polícia Civil de Anapu para conversar com o Delegado Rubens Mattoso, que está presidindo o caso e obter mais informações sobre o desaparecimento.
Chegando ao local, fomos informados de que ele estava ouvindo uma das testemunhas e que o desaparecimento pode demorar a ser resolvido.Enquanto isso permanece a preocupação e tristeza por não saber do paradeiro de Sidalha. Em um depoimento emocionante, o Pai da vítima pediu que onde quer que ela esteja volte para casa.
Por: Athaynara FariasFoto: Xingu 230Fonte: Xingu 230

RAPAZ E MORTO NA FRENTE DE CASA NO BAIRRO BOA ESPERANÇA EM ALTAMIRA PARÁ


Por volta das 21:00hrs da noite deste sábado (30), aconteceu um homicídio na Rua do Sossego no Bairro Boa Esperança, a vítima é Fabiano Ribeiro Conhecido Como Teca.
Segundo informações, a vítima tinha acabado chegar em casa, quando foi surpreendido com os tiros por dois indivíduos que estava em uma motocicleta Pop Preta, ainda há relatos que os assassinos haviam passado várias vezes na frente da casa da vítima.
Depois de cometerem o crime os dois indivíduos fugiram do local.  Teca morreu ali mesmo onde caiu na frente de sua residência e na frente dos parentes e vizinhos.
A Polícia Militar foi acionada e após constatar o homicídio a Polícia Civil foi avisada e também compareceu no local para as investigações.
O IML de Altamira foi acionado pelo delegado para que fossem feitos os procedimentos cabíveis no local do crime.
Fotos e Informações: Facebook/Carlos Calaça

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Polícias Civil e Militar prendem acusado de estuprar crianças em Rurópolis


As Polícias Civil e Militar transferiram, nesta sexta-feira, 22, para o Sistema Penitenciário, o preso Sebastião Pedroso Camargo, de 35 anos, que foi preso, ontem, acusado de cometer o crime de estupro de vulnerável, no município de Rurópolis, oeste do Pará. Sebastião Camargo é apontado como autor do abuso sexual de duas sobrinhas, de 8 e 10 anos de idade. A prisão foi realizada por policiais civis da Unidade Integrada de Rurópolis e militares do 17° Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM). A prisão foi em cumprimento a mandado de prisão preventiva. 
Segundo o delegado Ariosnaldo da Silva Vital Filho, titular da Polícia Civil em Rurópolis, o acusado trabalhava como operador de máquinas e serviços gerais em fazendas da região e era tio e padrinho das vítimas. "Sebastião Camargo há aproximadamente dois anos vinha abusando sexualmente das vítimas", ressalta. As crianças costumavam passar o final de semana nas casas dos parentes da região e era durante esse período que ele aproveitava para cometer os crimes.
As investigações começaram no ultimo domingo, dia 17. Os policiais civis e militares trabalharam juntos na tentativa de localizar Sebastião Camargo. "Assim que tomamos conhecimento do crime, realizamos campanas na vicinal do São João, onde ficamos monitorando a chegada do agressor", explica o delegado. Após ser localizado, Sebastião Camargo foi preso e encaminhado inicialmente à Unidade Integrada de Polícia do município para prestar depoimento. Ele foi encaminhado para o Centro de Recuperação de Itaituba e responderá pelo crime de estupro de vulnerável, previsto no artigo 217, do Código Penal.
Por: PC/PA

terça-feira, 19 de setembro de 2017

POLÍCIA CIVIL INVESTIGA PARTICIPAÇÃO DE QUADRILHA NA MORTE DO PM EM PARAUAPEBAS


A polícia investiga se integrantes de uma quadrilha que roubou uma loja na Zona Rural de Marabá, sudeste do estado, tem participação na morte do PM Raimundo Nonato Oliveira de Souza que aconteceu na última segunda-feira (12) no município de Parauapebas.
“Tem dois presos que são de Parauapebas. A gente suspeita que eles tenham envolvimento na morte do cabo conhecido como ‘Santarém’, inclusive na residência de um deles localizado na folha 16 encontramos um carregador de pistola ponto 40 com munição intacta, sendo que ao fazer o rastreamento identificamos que a arma é da polícia”, disse o tenente Alex Valino.
A suspeita da polícia surgiu depois que os policias encontraram na casa de um dos integrantes da quadrilha um carregador de pistola ponto 40 que pertence ao 23º Batalhão de Polícia Militar de Parauapebas. Os integrantes dessa quadrilha foram perseguidos por policiais depois que eles realizaram um assalto em um a loja na vila Sororó que fica localizada entre os municípios de Marabá e Parauapebas.
Os carros usados na fuga foram abandonas as margens da BR 155, um dos veículos pegou fogo. Segundo a Polícia Militar o carro foi atingido por um foco de queimada, o bando fugiu após realizar um assalto, durante a perseguição ouve troca de tiros e dois assaltantes morreram. Os outros dois integrantes da quadrilha conseguiram fugir pela mata.
A quadrilha era formada por seis pessoas, entre elas estão uma mulher que foi presa em flagrante por roubo qualificado e uma adolescente que foi transferida para o Centro de Internação em Belém. Com a parte da quadrilha que foi presa a polícia encontrou armas, celulares e um notebook.
Os dois suspeitos continuam foragidos.
Fonte: G1 Pará