quinta-feira, 14 de janeiro de 2010


AS CONSTANTES INTERRUPÇÕES NO FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA EM ORIXIMINÁ PROVOCARAM O PROTESTO DA POPULAÇÃO QUE FOI ÀS RUAS E OCUPOU O ESCRITÓRIO DA REDE CELPA.


União por Energia de Qualidade é o nome do movimento popular que tenta construir diálogo com os órgãos do governo e da própria empresa em prol da melhoria no fornecimento de energia elétrica. A UNEQ começou a se reunir desde o final do ano passado e de lá pra cá o movimento vem crescendo: a defensoria pública, vários representantes da sociedade civil organizada e o povo se fizeram presentes em pelo menos dois atos públicos.Um deles foi uma carreata de protesto pelas ruas da cidade para chamar atenção do governo local para o problema.


A prefeitura não se manifestou oficialmente sobre o tema, mas pessoas próximas ao prefeito declaram que gestor estaria impotente diante do caso já que a empresa que distribui energia é privada e trata-se de uma questão ligada a gestão estadual, mas que tentaria interceder junto à governadora para solucionar o problema.


O movimento promete fechar o Rio Trombetas na próxima sexta (15) caso a solução não seja encontrada. A Capitania dos Portos disse que não irá intervir na ação, mas se fará presente para manter a segurança das embarcações.


Agência Borges de Notícias:

Jornal A Trombeta

– informe@atrombeta.comPor Hamilton Souza

Nenhum comentário:

Postar um comentário