sábado, 16 de janeiro de 2010

Rádio Fm, sob suspeita em Rurópolis

Vai cair como uma bomba nos bastidores da política do município de Rurópolis, região da Santarém-Cuiabá, e cerca de 217 quilômetros de Santarém, a verdade sobre os verdadeiros proprietários de uma FM deste município.
Na primeira surpresa se descobriu que o ex-prefeito José Paulo Genuíno é sócio proprietário de dois de seus maiores inimigos, o prefeito Aparecido Silva e do ex-vice-prefeito José Mário Barbosa. Na partilha, cada um tem 33.5% das ações.
Segundo o ex-prefeito alegou que Aparecido teria comprado a parte do ex-deputado Cesar Colares, e que só soube quando o negocio já tinha sido fechado.
José Paulo Genuíno também afirmou que depois que Aparecido entrou como sócio nunca mais recebeu um centavo, isto desde Agosto de 2008. Na época, o ex-prefeito recebia 1.200 reais.
O mais grave é que a FM Transamazônica que é gerenciada pela esposa de José Mário Barbosa, o Zé Mário tem um contrato com a prefeitura em torno de 20 mil reais, e que segundo uma funcionária da radio, não se sabe se existe um contrato ou se é pago somente com um recibo.
Também se investigou que entre os funcionários, a maioria se encontra na folha de pagamento da prefeitura entre eles: Frank Everton Paiva, Eder Bazégio, Breno Soares, Tainara Davila, Erica Priscila, Francisco Costa, Ezequiel Azevedo, Messias Junior e Isaias Boias.
Fonte :Blog do xarope

Um comentário:

  1. As histórias das rádios são mesmo assustadoras. Até as que deveria ser Comunitárias são comandadas por um pequeno grupo partidário que anunciam o que querem e contratam e aceitam pessoas ligadas aos partidos da diretoria. Ainda se denomina Comunitária. Não sabem ou não querem praticar a comunicação comunitária. Antonio Nilso

    ResponderExcluir