terça-feira, 27 de setembro de 2011

ASSASSINADO O HOMEM QUE ESTRUPOU MAIS DE 50 MULHERES EM PARAUAPEBAS.


Até o momento, a polícia não identificou o homem que vinha aterrorizando a população de Parauapebas há pelo menos dois anos.
De acordo com o delegado Nelson Júnior, o estuprador que violentou mais de 50 mulheres em Parauapebas conhecia bem todos os bairros os bairros da cidade, tendo facilidade para se evadir de qualquer local, depois de cometer atos libidinosos com as vítimas, que sempre prestavam queixas na Delegacia.
A última vítima do estuprador foi uma mulher de 31 anos que reside no bairro Jardim Canadá, que não quis falar sobre o assunto.
A informação colhida na delegacia, é de que por acaso, um policial estava passando pelo local aonde a vítima estava sendo molestada, e ao perceber que se tratava de um estupro, o policial atirou no criminoso, que morreu no local.
Por não portar nem um documento, a polícia não sabe o nome e nem a procedência do criminoso, cujo corpo ficou por várias horas em uma funerária local, e depois encaminhado ao IML de Marabá. Ainda segundo o delegado Nelson Júnior, se ninguém aparecer para reconhecer o corpo, o maníaco será enterrado como indigente. "Esse maníaco agia em vários bairros da cidade, sempre com as mesmas características. Ele assaltou e estuprou mais de cinqüenta pessoas em Parauapebas, e ele era muito esperto, pois sempre dava um jeito de fugir sem deixar nem uma pista. Queremos pedir às pessoas que foram vítimas desse criminoso, para que venham à delegacia para olhar a foto dele morto e fazer o reconhecimento", pediu o delegado.
O corpo do estuprador que ainda não foi identificado encontra-se na Funerária Araguapax, no bairro Cidade Nova. Se você o conhece, ou já foi vítima de estupro ou assalto, procure a delegacia para ajudar a descobrir a identidade do criminoso.

Informações jornalocarajás.com.br.

Nenhum comentário:

Postar um comentário