quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

MAIS UM CRIME COM REQUINTES DE CRUELDADE NA REGIÃO, ESSE ACONTECEU EM RURÓPOLIS - PA

Terça-feira - Segundo informações que chegaram a nossa reportagem, uma determinada pessoa, que mora nas proximidades do local onde foi encontrado o corpo, teria ouvido o barulho de uma motocicleta que parou no local e em seguida foram efetuados dois disparos que poderiam ser de arma de fogo. A pessoa disse que passou a informação para a polícia militar que em sua ronda de rotina pelas proximidades, isso por voltas das 21 horas, ainda de terça-feira, nada viu de suspeito. A testemunha disse que logo após ouvir os disparos, voltou a ouvir o barulho da moto que funcionou e rapidamente saiu em alta velocidade, pegando a Transamazônica e seguindo no sentido de Itaituba.
Quarta-feira – 22/02/12 – Curiosa, a pessoa que ouviu os disparos na noite anterior, foi até o local, isso por volta das oito horas da manhã, e segundo Ele, deparou com o corpo de um homem. Imediatamente entrou em contato com a polícia, que se dirigiu ao local e constatou que se tratava do corpo de Acais Pereira Ferreira, 18 anos. Sem vida, o corpo encontrava-se com um corte no pescoço e duas perfurações na cabeça, que muito provavelmente foi feito por projeteis de arma de fogo. Removido para o necrotério, foi reconhecido por sua mãe a senhora Deusa, moradora do mesmo bairro.
Por volta das 10h30min da manhã o Doutor Ariosnaldo da Silva, delegado da DEPOL de Rurópolis esteve no local onde o corpo foi encontrado e nas suas investigações encontrou um local por onde provavelmente alguém saiu em fuga depois do crime.
No local foram encontrados um par de sandálias tipo havaianas 42/42, e um relógio, perdidos na fuga. O delegado disse que já tem um suspeito, que é o possível dono dos objetos. Uma testemunha disse que a sandália e o relógio pertencem a seu marido que se encontra desaparecido desde a noite de ontem, terça-feira. Acais era velho conhecido da policia, onde tinha diversas passagens por arrombamentos, furtos e roubos. Tinha sido interno da Fundação Casa, e estava em liberdade provisória.


Reportagem e fotografia: Paulino Magno / Blog Sem Polêmica
Postado por - Junior Oliveira - Blog Brasil Novo em Foco

Nenhum comentário:

Postar um comentário