quarta-feira, 25 de abril de 2012

Greve em Belo Monte é considerada ilegal


 (Foto: Ruy Sposati)

A Justiça do Trabalho decidiu na tarde de hoje (25) que  a greve dos operários de Belo Monte é ilegal e que eles devem voltar imediatamente ao trabalho.
A decisão foi tomada pelo desembargador da Justiça do Trabalho, Georgenor de Sousa Franco Filho. O desembargador decidiu também que o sindicato dos trabalhadores deverá pagar multa de R$ 200 mil por dia caso não cumpra a decisão. O valor será revertido ao Fundo de Amparo ao Trabalho (FAT).
A Ação Declaratória de Ilegalidade de Greve acatou o pedido de liminar do consórcio Construtor de Belo Monte para que o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Pesada e Afins do Estado do Pará (Sintrapav)  termine a greve iniciada em 23 de abril. Os trabalhadores entraram em greve por não concordar com a manutenção do valor do vale alimentação e do período de intervalo para visita à família.
Na ação, o consórcio construtor alega que a greve causa prejuízos aos interesses da sociedade e poderá ocasionar atraso na conclusão da obra, prevista para janeiro de 2015.

(DOL)

Nenhum comentário:

Postar um comentário