sexta-feira, 6 de abril de 2012

Roubos a empreendedores são desvendados no município de Uruará


Renato e Salomão
A Polícia Civil divulgou nesta sexta-feira, 6, o desvendamento de três roubos registrados esta semana em Uruará, sudoeste do Estado, após a prisão do autor dos crimes, Renato Santos Costa, de 19 anos. A prisão do acusado foi realizada no final da tarde de ontem, quinta-feira, pela equipe da Delegacia local. Ele é apontado como o autor do assalto a um comércio na Avenida Central no último dia 4, quando, na ocasião, cometeu uma tentativa de latrocínio - roubo seguido de morte. O proprietário do estabelecimento, José Marcos de Oliveira, contou aos policiais que estava com a esposa, Maria de Lourdes Soares, no comércio, por volta de 21:45 horas, quando dois homens chegaram ao local numa moto, sacaram duas armas de calibre 38 e roubaram R$ 300 em dinheiro que estava no caixa. 
Antes da fuga, um dos bandidos, que seria Renato, apontou o revólver em direção ao empresário e efetuou um disparo sem motivo algum. Após o tiro, os dois criminosos fugiram a pé deixando a motocicleta no local. O veículo foi destruído por pessoas que presenciaram o crime. José Marcos foi atingido, em área não vital, pela bala, está hospitalizado e não corre risco de morrer. Através de descrições feitas por testemunhas, a equipe da Polícia Civil chegou até a Renato Costa que foi reconhecido pela vítima como autor do assalto.
Moto Apreendida
O acusado foi conduzido para a Delegacia para ser indiciado e autuado em flagrante por tentativa de latrocínio. O comparsa dele, no crime, foi identificado como Antônio Pereira de Sousa, de apelido "Toinho", que está foragido, mas, de acordo com os policiais, se não for possível a prisão em flagrante dele será requerida a prisão preventiva do assaltante. Na Delegacia, Renato alegou ser inocente e que estava em frente de sua casa com a namorada no momento do crime. Entretanto, ouvida em depoimento, a namorada do acusado não confirmou a versão de Renato que alegou ainda não saber porque foi reconhecido pela vítima. 
Renato é suspeito ainda de ter assaltado um comércio no bairro Jardim Morumbi, zona oeste da cidade, e também um vendedor de espetinho nos últimos 10 dias. No decorrer da investigação, a equipe da Polícia Civil prendeu o dono da moto utilizada no crime, Salomão Paulo da Silva, 28 anos. Ele alugava o veículo para Renato por R$ 50 ao dia. Ele também foi autuado em flagrante como co-autor do crime. No entanto, por ser réu-primário e ter residência própria, ele poderá responder pelo crime em liberdade. Participaram das investigações e prisão de Renato os investigadores Tadeu e Eládio e escrivão Marcelo sob o comando do delegado Godofredo Martins Borges. Agora, os policiais civis estão em busca do fornecedor das armas do crime que não foram encontradas. Os acusados permanecem recolhidos à disposição da justiça na carceragem da Delegacia de Uruará.

Fonte: PC/PA

Nenhum comentário:

Postar um comentário