terça-feira, 4 de dezembro de 2012

REVIRAVOLTA NA DISPUTA PELO COMANDO DA ALEPA - ORIXIMINÁ DEVE FAZER O NOVO PRESIDENTE DO LEGISLATIVO PARAENSE


MUDOU TUDO NA DISPUTA PELO COMANDO DA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO PARÁ
O candidato preferido do Governador Jatene José Megale PSDB, chegou a lançar sua candidatura nesta manhã de terça (4) no plenário da Alepa, mas momentos depois foi obrigado a renunciar a candidatura por pressão do PMDB e do PT.
Megale está sendo denunciado por supostas irregularidades na Assembléia Legislativa do Pará, quando assumiu a vice presidência da Casa, na gestão do então presidente Domingos Juvenil PMDB, que hoje responde por inúmeros processos na justiça.
Pesa contra José Megale, 25 cheques assinados para pagamentos feitos a empresas ligadas à ex-servidora da AL Daura Hage, acusada de ter montado um esquema que reunia empresas fantasmas que se beneficiam de fraudes a licitações na AL.
Diante da pressão da oposição que também busca o comanda da Alepa, o Governador Simão Jatene rapidamente escalou o deputado orixminaense Júnior Ferrari PSD para a presidência e Márcio Miranda DEM para ser seu vice.
A eleição deve acontecer no dia 15 de dezembro, data em que a Assembleia Legislativa do Pará deve entrar em recesso, após a votação que marca a última sessão ordinária da casa em 2012. A expectativa é que Junior Ferrari seja o novo presidente.   

Fonte:http://zezoferreira.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário