segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

JUIZ ANULA E CONVOCA NOVA ELEIÇÃO NA CÂMARA EM RURÓPOLIS


"O magistrado justificou a medida com base no preceito de que a atual Mesa Diretora, eleita há 28 dias, foi formada sem obedecer a proporcionalidade dos partidos com assento na Câmara"

juiz Gláucio Assad(Foto), da comarca de Rurópolis, que destituiu os atuais membros da Mesa Diretora da Câmara de Vereadores deRurópolis, eleita no último dia 01 de janeiro, sob a presidencia do vereador Jonas Lourenço (PT), justificou que a medida foi com base no preceito de que a atual Mesa Diretora, eleita há 28 dias, foi formada sem obedecer a proporcionalidade dos partidos com assento na Câmara. 
A denúncia foi feita pela vereadora Carla Naisa (PSDB) através de um mandado de segurança, AGORA a Câmara Municipal de Rurópolis tem 48 horas a contar de hoje (28), para realizar uma nova eleição aos 4 cargos de direção do Legislativo – presidente, vice, 1º secretário e 2º secretário.
Bastante contrariado o vereador Jonas Lourenço diz qque o processo eletivo ocorreu entro da legalidade, inclusive obedecendo a proporcionalidade dos partidos, haja visto haverem duas concorrendo. 
Mesa diretora destituída pelo Juiz Gláucio Assad
"Como decisão judicial não se discute, vamos recorrer e esperar o resultado para tomar as próximas decisões", disparou, sendo apoiado pelos demais membros destituidos, os vereadores Sérgio Ribeiro (PMDB), vice; Flora Variani (PMDB), 1ª secretária), e Anderson Pinto (PP), 2º secretário.
A Câmara de Rurópolis é composta por 13 legisladores. A encabeçada por Jonas Lourenço bateu por 7 votos a 6 a que tinha à frente o vereador Nonatinho (PSDB), que contou com o apoio do prefeito eleito Pablo Genuíno (PSDB).  Os demais integrantes da chapa derrotada eram Edgar Rocha (PSD), Raimundo Nonato Silva , o Nonatinho (PSDB), e Ismael Carvalho (DEM), além de Carla Naisa (PSDB).


Fonte: Blog do Xarope

Nenhum comentário:

Postar um comentário