segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

PREFEITOS HERDAM MUNICÍPIOS COM SERVIÇOS PARALISADOS E DÍVIDAS MILIONÁRIAS

A festa da posse dos novos prefeitos eleitos no ano passado terminou antes da hora em muitos municípios brasileiros. Em cidades do Norte ao Sul do país, as prefeituras foram assumidas em cenário de penúria, com dívidas milionárias e até mesmo sem energia elétrica. Com o rombo em caixa, os novos prefeitos chegam até mesmo a pedir ajuda aos contribuintes para saldar débitos feitos pelos responsáveis por gestões passadas.
Na região da Transamazônica e Xingu, a prefeita eleita de Brasil Novo, Marina Sperotto (PSB), instalará auditoria na prefeitura para investigar possíveis irregularidades, o maquinário da prefeitura foi encontrado totalmente sucateado e parte dos servidores não receberam o décimo terceiro salário.Em Porto de Moz, o novo prefeito decretou estado de emergência por causa da situação em que encontrou o município. “Eu não imaginava encontrar uma situação tão caótica”. Lamentou o prefeito.Na cidade de Altamira, o prefeito Domingos Juvenil (PMDB), está tendo que recadastrar todos os funcionários do município para reorganizar a folha de pagamento dos servidores.Em Medicilândia, o novo prefeito Nilson Daniel (PT) recebeu a prefeitura com todos os arquivos da administração pública queimados, além de maquinários sucateados.O novo prefeito de Uruará recebeu a prefeitura cheia de dívidas e com os salários dos servidores atrasados. O presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, estima, com base em dados de fornecedores e folhas de pagamento, que até 4 mil prefeituras, de um total de 5,5 mil, podem não ter cumprido no ano passado a Lei de Responsabilidade Fiscal, que estabelece normas para o controle dos gastos públicos. Um estudo promovido pela entidade mostrou que 97,37% dos prefeitos que encerraram a gestão no ano passado estavam com dificuldades para cumprir o que determina a lei, a um mês do encerramento do mandato.

Por: Oxingu

Nenhum comentário:

Postar um comentário