sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

SINDICATO DOS BANCÁRIOS VISITAM AGENCIAS EM BRASIL NOVO, ALTAMIRA E MEDICILÂNDIA


Sindicato em Caravana por Altamira, Medicilândia e Brasil Novo.

Dirigentes-sindicais-são-recebidos-com-carinho-pelos-funcionários-do-BB-em-Medicilândia.A Caravana do Sindicato dos Bancários do Pará está percorrendo o sudoeste do Estado. A delegação sindical é composta pela presidenta Rosalina Amorim e os diretores Sandro Mattos e Alan Rodrigues. O objetivo é reunir com os bancários e bancárias em seus locais de trabalho, apurar as principais demandas em cada unidade, além de levar os calendários 2013 do Sindicato e materiais informativos à categoria.
Sandro-Mattos-Rosalina-Amorim-e-Alan-Rodrigues-no-Bradesco-de-MedicilândiaNa quarta-feira (23) a primeira cidade visitada nessa Caravana foi Altamira. Os dirigentes sindicais percorreram todas as agências de bancos públicos e privados e em muitas delas puderam reunir com os trabalhadores sobre questões específicas de cada banco. Nessa quinta-feira (24), a tarde, os diretores do Sindicato retornaram à Altamira e reuniram com os funcionários do Banco do Brasil e agendaram reuniões com os funcionários do Banpará, Caixa Econômica e Bradesco para a sexta-feira (25).
Sandro-Mattos-Rosalina-Amorim-e-Alan-Rodrigeus-no-BB-de-Brasil-NovoPela manhã da quinta-feira, o Sindicato esteve nas cidades de Brasil Novo e Medicilândia e visitaram as agências do Banco do Brasil e Bradesco, as únicas instituições financeiras presentes em ambos os municípios. Segundo a presidenta Rosalina Amorim, a situação mais complicada foi identificada no Banco do Brasil de Medicilândia.
Situação-da-agência-do-BB-em-Medicilândia-é-precária-desde-o-assalto-ocorrido-em-novembro-de-2011“A agência do BB em Medicilândia está em péssimas condições de trabalho, desde o piso da unidade até à fachada, onde parte da porta de entrada está coberta por um compensado, o que representa insegurança para os funcionários e clientes da agência. Vamos cobrar providências do Banco do Brasil para solucionar o problema na unidade”, afirma Rosalina.
A situação precária da agência do BB em Medicilândia se estende desde o último assalto ocorrido na unidade no dia 7 de novembro de 2011 (clique aqui e relembre). Mais de um ano se passou e até agora o Banco do Brasil não tomou providências para reformar a agência ou mudar de prédio para atender ao público.
Por: Junior Oliveira com informações dos Bancários PA

Nenhum comentário:

Postar um comentário