segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

TEM EX-SECRETÁRIO QUE NÃO QUER DEIXAR O CARGO EM PORTO DE MÓZ

Foto: Internet ( Porto de Móz )

Tem de tudo nessa mudança de prefeitos no interior do Pará. Veja o caso de Porto de Moz, onde secretários da administração do ex-prefeito Berg Campos se recusam a deixar os cargos. A justificativa é que aguardam decisão judicial que, segundo o ex-prefeito, a qualquer momento vai anular o resultado da eleição. Para se ter ideia, em uma dessas secretarias, dois gestores, o antigo e o novo, saíram aos tapas para decidir quem ocuparia a cadeira. O novo prefeito, Edilson Cardoso, foi eleito com 51,93% dos votos.


Por: Wilson Soares.


Durante a produção de uma matéria da equipe da Rede TV Altamira, um ex-assessor do ex-prefeito Berg Campos chegou a agredir um secretário e danificou equipamentos da emissora que cobria a transição de governo na cidade.

Parece que mesmo perdendo as eleições, saindo do cenário político, o último gestor foi embora mas deixou uns enviados do capeta para atormentar uma uma pessoa escolhida pela população para assumir o município. É incrível como esses seres humanos agem como se fosse jumentos que empacam em um local e não querem sair. É ridículo acompanhar essa situação e não ver a justiça paraense se mexer para sanar o problema. 
A troca quem escolheu foi a população, os filhos do cão querem permanecer a força, a justiça não se mexe e o povo fica no meio do fogo cruzado. Como já detalhava a grande jornalista Karina Pinto, "Que país é esse? Que país é esse? Eu respondo!FAROESTE CABLOCO!.


Complemento: Felype Adms.

Nenhum comentário:

Postar um comentário