terça-feira, 5 de março de 2013

HOMEM É PRESO ACUSADO DE FURTAR TELEFONES CELULARES DE UMA LOJA EM URUARÁ


Acusado
Acusado
Preso acusado de furtar telefones celulares de uma loja em Uruará
João Batista Oliveira está preso em Uruará, sudoeste do Pará, depois de ter participado do furto de telefones celulares de uma loja, no centro da cidade. A prisão dele ocorreu no momento em que o acusado tentava pegar uma corrida com um mototáxi. De posse dele, os telefones celulares furtados foram recuperados. Ele foi detido por policiais militares da Rotam, grupo tática da PM, que o conduziram até a Delegacia de Uruará. Conforme os policiais, outro homem teria participado do furto na loja, mas conseguiu fugir.

05/03/13 - 16:02

O crime ocorreu no momento em que funcionárias da loja faziam o balanço de material com todos os aparelhos celulares expostos sobre o balcão, ao final da tarde de ontem, quando o suspeito forçou a entrada na loja, que já estava fechada, sob alegação de que precisava resolver um problema com o chipe do celular.
Em seguida, um homem entrou na loja, passando a desviar a atenção das funcionárias, enquanto o primeiro saqueava telefones celulares expostos no local. No momento da fuga, as funcionárias perceberam o furto e acionaram a Polícia.
Um mototaxista abordado pelo acusado recusou-se a dar corrida ao acusado, ao perceber o envolvimento dele no furto. João Batista Oliveira conta ao delegado Godofredo Borges que veio recentemente do Distrito de Mosqueiro, em Belém, para Uruará, onde agora está preso na Delegacia. Após ser ouvido pelo escrivão Marcelo, João foi autuado em flagrante por furto. Ele é suspeito de ter participado de golpes a clientes de bancos em Uruará.

Por: Junior Oliveira com informações da Polícia Civil/PA

Nenhum comentário:

Postar um comentário