terça-feira, 7 de maio de 2013

URUARÁ: EX-MARIDO AGRIDE COM FACA MULHER GRÁVIDA DE CINCO MESES E ACABA PRESO



Em Uruará ex-marido agride com faca mulher grávida de cinco meses e acaba preso
enviado por Joabe Reis em 07/05/2013 16:48
A polícia militar de Uruará prendeu no início da tarde desta terça-feira, 7 de maio, o nacional Diego Ferreira dos Santos, 23 anos, acusado de cometer violência doméstica contra a ex-companheira. O casal vivia uma união estável há 9 meses, mas nesta segunda-feira a mulher que tem 18 anos está grávida de 5 meses pôs fim ao relacionamento, o marido não aceitou. Ela contou a nossa reportagem que esta foi a 3ª vez que ele a agrediu, desta vez utilizando uma faca. Segundo a jovem grávida o ex-marido disse que se ela não iria ficar com ele não ficaria com mais ninguém por isto a mataria. A agressão aconteceu por volta das 10 horas desta terça-feira na Avenida Pará, na zona sul da cidade de Uruará, quando ela buscava suas coisas na casa onde viviam há cerca de duas semanas, ele a atacou pelas costas com empurrões, a puxou pelo cabelo e jogou em cima da cama onde a esbofeteou e tentou furá-la com uma faca. Ela conseguiu empurrá-lo e aproveitou o momento para fugir sendo perseguida por ele pelo meio da rua até conseguir socorro numa casa que estava com a porta aberta onde usou um telefone celular dos moradores para avisar um tio e este acionou a polícia. Pelo corpo da jovem ficou as marcas da agressão com riscos de faca no braço, peito, pescoço, rosto e cortes na boca. A mulher agredida ainda contou que não denunciou o ex-marido antes por temer as ameaças de morte feitas por ele.
Fizeram a prisão do agressor de mulher grávida os policiais militares, Cabo Rui, soldado Guedes, soldado Ângelo e soldado Salmo. A vítima foi ouvida pelo escrivão Marcelo Eduardo.
Diego foi apresentado na delegacia e autuado em flagrante pelos crimes de violência doméstica, lesão corporal e ameaça de morte, na comunicação do flagrante ao juiz da comarca de Uruará o delegado Godofredo Borges pedirá a prisão preventiva do mesmo. O agressor está recolhido na carceragem da delegacia de polícia de Uruará a disposição da justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário