quarta-feira, 21 de agosto de 2013

BRASIL NOVO: MAIS UM ACIDENTE REGISTRADO NA RODOVIA TRANSAMAZÔNICA PERÍMETRO URBANO DO MUNICÍPIO


O número de acidentes de trânsito tem aumentado nos últimos meses, parte por causa do tempo empoeirado que diminui a visibilidade do condutor e parte por imprudência dos próprios condutores.Desta vez o acidente aconteceu por volta das 15h:30min na BR-230, Rodovia Transamazônica, no centro urbano do Município de Brasil Novo, oeste do Pará e envolveu um carro de passeio modelo Gol de cor preta e uma Moto-niveladora (PATROL). Segundo as informações de populares que presenciaram o ocorrido, o condutor do Gol vinha no sentido de Medicilândia à Altamira e quando tentou encostar em um Hotel às margens da rodovia de forma imprudente, quando foi atingido pela patrol que estava em marche ré.Wagner Gomes, condutor do carro contradisse a informação de imprudência de sua parte: “Eu estava vindo de Medicilândia no sentido à Altamira e ia encostar aqui no hotel onde está a equipe de vendas. Aí eu estava atrás de uma patrol... eu vinha atrás dele e dei sinal para entrar, deu espaço pra eu atravessar, atravessei e quando ele engatou uma ré pegou o carro de volta e aconteceu isso aí” – contou Wagner Gomes proprietário do veículo.O operador da patrol, que por pouco não foi agredido pelos companheiros do dono do gol, disse não ter visto o veículo dando sinal para entrar naquela direção e o fato do veículo ter ficado muito próximo da máquina, também atrapalhou sua visão.A Polícia Militar compareceu ao local e fez o colhimento dos documentos dos condutores e informou à Polícia Rodoviária Federal que também esteve no local, à pessoa do Inspetor Giovane para averiguar o caso e encaminhar as informações à perícia – “O primeiro contato foi feito com os colegas da Polícia Militar que guardaram o local com os condutores e providenciou a colhida dos documentos e agora a gente vai analisar o fato em si e fazer o boletim de acidente e como não houve nenhum acordo entre eles, de posse desse boletim eles entrarão na justiça pra ver como resolvem essa situação aí. De imediato não é possível apontar um culpado pelo acidente, a gente vai analisar toda a situação, pegando a declaração dos envolvidos e de posse destas declarações e do local do acidente a gente vai tomar um posicionamento e colocar na perícia que lá na perícia estará implícito que este ou aquele foi o culpado do acidente, de posse dessa perícia se não houver acordo eles recorrerão à justiça para resolver a situação” – explicou o inspetor.Os danos foram apenas materiais e ninguém saiu ferido do acidente.


Por: Valdemídio Silva
Fotos: Valdemídio Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário