segunda-feira, 5 de agosto de 2013

URUARÁ: MADEIREIRO MORRE EM ACIDENTE DE MOTO NA BR 230 TRANSAMAZÔNICA

Conhecido Madeireiro de Uruará morre em acidente de moto na TransamazônicaConhecido Madeireiro de Uruará morre em acidente de moto na Transamazônica
enviado por Joabe Reis do Sistema Regional de Comunicação em 05/08/2013 17:42
Muita tristeza na morte de um conhecido empresário do ramo madeireiro nesta segunda-feira, 5, vítima de um acidente de moto na BR 230, Transamazônica, na altura do km 190, a cerca de 10 km da cidade de Uruará. “O acidente aconteceu por volta das 9 horas da manhã, Raimundo Nonato Carvalho, de 57 anos, chegou ainda com vida no hospital municipal de Uruará, consciente e falando, socorrido por um motorista de uma camionete. Raimundo faleceu em conseqüência de uma hemorragia interna por volta das 15 horas e 30 minutos após horas de espera por um atendimento adequado que não aconteceu até que seu estado de saúde piorasse. Ele seria encaminhado para o hospital Regional da Transamazônica, mas faleceu momentos antes de ser encaminhado”, segundo relatos de amigos para os quais o médico que realizou o atendimento teria dito que “o madeireiro teria fraturado o fêmur e a veia femoral havia sido atingida causando a hemorragia”.
As causas do acidente ainda são desconhecidas, Raimundo seguia em sua moto pop para a cidade de Placas onde trabalhava na extração de madeira quando o acidente aconteceu.
Raimundo Nonato era casado com Hozanir de Macedo Silva e deixa três filhos. O seu corpo será transladado para a cidade de Imperatriz no Maranhão onde seus familiares residem, seu estado natal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário