terça-feira, 10 de setembro de 2013

ALTAMIRA: REFORMA DA DELEGACIA NUNCA SAIU DO PAPEL



  

Em uma região onde o desenvolvimento social e econômico acontece de forma rápida, os investimentos nas áreas da saúde, educação e segurança pública devem ser prioridades, no entanto, em Altamira, sudoeste do Pará, não é bem assim que está ocorrendo.
A cidade de Altamira tem hoje cerca de 150 mil habitantes, dados da prefeitura municipal, em 2010 eram 100 mil, número do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, IBGE. Mesmo com o crescimento pesado nos últimos três anos, algumas instituições acabaram ficando esquecidas pelo tempo. Entregue a população em setembro de 1996 pelo Governador do Estado, na época, Almir Gabriel, a delegacia regional de polícia civil de Altamira está em situação precária.
A estrutura está se deteriorando com o tempo, e desde que foi inaugurado há 17 anos, o prédio nunca passou por reformas, a construção apenas recebeu pinturas. 
Há um projeto de reforma e ampliação da delegacia, onde existe hoje uma montanha de carros sucateados (foto abaixo), seriam construídos alojamentos para acomodar os servidores vindos de outras seccionais para trabalhar em Altamira, mas até agora o projeto que foi firmado entre Governo do Estado e Norte Energia não saiu do papel. 
“Mesmo com todos os investimentos já feitos em Segurança Pública na região, acreditamos que se as obras saírem do papel, com certeza o atendimento a população será ainda melhor, já que a demanda cresceu muito nos últimos anos na seccional do município”, explicou Cristiano Nascimento, superintendente da Polícia Civil. 
Em nota a Norte Energia informou que a reforma e readequação da delegacia está previsto no Plano de Atendimento aos municípios e entidades do entorno da Usina Hidrelétrica Belo Monte, encontra-se em análise e será apresentado ainda este mês a Secretaria de Segurança Pública do Estado do Pará (SEGUP).

Fonte: oxingu

Nenhum comentário:

Postar um comentário