quinta-feira, 17 de outubro de 2013

ALTAMIRA: CCBM É ACUSADA DE TORTURAR TRABALHADORES E CHAMAR FORÇA NACIONAL PARA PRENDER OS SEUS FUNCIONÁRIOS

Trataram a gente igual bicho, diz trabalhador contra o CCBMForam liberados hoje em Altamira, os trabalhadores acusados de terem promovido um quebra-quebra no último final de semana, em um alojamento das Obras de Belo Monte. Eles foram detidos pela força nacional e passaram 4 dias no centro de Triagem na Avenida Brigadeiro Eduardo Gomes. Depois de prestar depoimento e conseguir deixar o local eles denunciam.
“Eles chegaram metendo bala de borracha e bicuda na gente, batendo em todo mundo e jogando a gente da
cama, tratando nos igual trata animais” Disse Nailton Pedro, trabalhador que veio de Belém.
Trataram a gente igual bicho, diz trabalhador contra o CCBM
Os trabalhadores estão revoltados, vão juntos mover uma ação contra o CCBM e querem ainda reparação de danos morais, materiais e falso acusação, para o Advogado houve falhas por parte dos procedimentos adotados pela empresa.

“Eles estão saindo da delegacia e já foram até demitidos, eles não tem para onde irem, vamos esperar que a empresa se responsabilize, solicitamos documentos e nada dos envolvidos foi apresentado até o momento, eles foram torturados dentro do alojamento” Disse Fernando Gonçalves Fernandes, advogado dos trabalhadores.
Trataram a gente igual bicho, diz trabalhador contra o CCBM
Sem trabalho, com lesões pelo corpo, demitidos e agora com ficha na polícia, esse foi o resultado para 9 trabalhadores da empresa CCBM que agora vão esperar na justiça uma resposta para o problema que enfrentaram dentro do próprio local de trabalho.
Sobre o caso, em nota após o ocorrido, o CCBM disse apenas que a força nacional precisou ‘agir’ após um confusão dentro de um restaurante.

Por: Felype Adms

Nenhum comentário:

Postar um comentário