quinta-feira, 17 de outubro de 2013

ALTAMIRA: PROFESSORES, ALUNOS E PAIS DA CIDADE DE MEDICILÂNDIA FIZERAM PROTESTO EM FRENTE A SEDE DA 10º URE .


Professores, Alunos e pais de Medicilândia invadiram o prédio da URE em Altamira durante protestoAlunos acompanhados de pais e professores do ensino médio de Medicilândia liderados pelo Sindicato dos Trabalhadores de Educação Pública do Estado do Pará Sintepp/Medicilândia, voltaram a protestar nesta quinta-feira, 17, por melhorias para a educação de Medicilândia e região. Por volta das 11 horas os manifestantes, cerca de 100 pessoas, invadiram o prédio da 10ª Unidade Regional de Ensino (URE) em Altamira.
Na ação os alunos e professores em conversação com a diretora URE, Nilceia Moura de Oliveira, conseguiram convencer a diretora a ir para a cidade de Medicilândia nessa sexta-feira, 18, quando ela buscará uma parceria com o executivo local a fim de reformar a escola de ensino médio, Francisca Gomes dos Santos.
A reforma da escola é uma das reivindicações do movimento que também reivindica a contratação de professores.
De acordo informou o coordenador do Sintepp/Medicilândia, Professor Valtair Deucher, os alunos pretendem fazer uma grande concentração em frente a prefeitura de Medicilândia na manhã dessa sexta-feira enquanto uma comissão da greve dos professores e uma comissão dos alunos irá sentar com o prefeito Nilson Daniel. O movimento tenta marcar ainda para a próxima semana uma audiência com o secretário estadual de educação, Cláudio Cavalcanti Ribeiro, para que ele possa vir para a região para discutir os problemas da educação não só de Medicilândia, mas de toda a Transamazônica, já que a educação desses municípios está paralisada no ensino médio.
Cerca de 1.000 alunos que estudam na escola Francisca Gomes dos Santos estão sem aula desde a sexta-feira, 11, quando alunos, pais e professores da escola fizeram um protesto reivindicando melhorias para a educação e invadiram o Fórum durante a manifestação. Desde maio os alunos estão sem professores das disciplinas de Biologia e Matemática.
Por: Joabe Reis do Sistema Regional de Comunicação 

Nenhum comentário:

Postar um comentário