segunda-feira, 21 de outubro de 2013

PARÁ: POLÍCIA CIVIL CAPTURA ENVOLVIDOS EM ROUBOS E TRÁFICO DE DROGAS

Polícia Civil captura envolvidos em roubos e tráfico de drogas no nordeste do Pará
Polícia Civil captura envolvidos em roubos e tráfico de drogas no nordeste do Pará
Presos: José Luiz; Leonardo (destaque); Leandro; Robnilson; Rodrigo; Elden; Ana; Izabel e EvandroPresos: José Luiz; Leonardo (destaque); Leandro; Robnilson; Rodrigo; Elden; Ana; Izabel e Evandro
A Polícia Civil capturou, neste final de semana, nove integrantes de uma quadrilha responsável em práticar roubos e tráfico de drogas, nos municípios de Castanhal, Santa Izabel do Pará e Igarapé-Açu, nordeste do Pará. Com os presos, foram apreendidas cinco armas de fogo, munição, drogas e telefones celulares usados pela quadrilha nos crimes. A operação policial, denominada "Couraça de Aço", foi realizada em Castanhal e Santa Izabel do Pará. Estiveram em atuação policiais civis da Superintendência Regional da Zona do Salgado; do Núcleo de Apoio à Investigação de Castanhal; da Seccional Urbana de Santa Izabel do Pará e da Delegacia de Igarapé-Açu, sob comando do delegado Luís Xavier.

21/10/13 - 17:11

As investigações que levaram à prisão dos membros da quadrilha levaram aproximadamente dois meses mesmo tempo em que o bando agia na região. O alvo dos bandidos eram sempre estabelecimentos comerciais e veículos que eram roubados para que os valores obtidos nos roubos fossem usados para investir no tráfico de drogas na região do Salgado e na zona Bragantina, nordeste paraense.
Entre os crimes cometidos pelo bando está o assalto contra um comércio na localidade Nazaré do Fugido, zona rural de Igarapé-Açu. O bando também roubou um carro modelo Parati, na última terça-feira (15), na cidade de Santa Izabel do Pará. "O veículo seria usado pela quadrilha em assalto a um caminhão de uma fábrica de bebidas responsável em fazer a arrecadação nos municípios próximos a Santa Izabel do Pará", detalha Xavier.
No decorrer das investigações, os policiais localizaram e prenderam, no último dia 14, em Igarapé-Açu, Elden Thiago dos Santos Aquino e Rodrigo Santos Mesquita. Com os dois, foram apreendidas duas armas de fogo - uma espingarda calibre 12 e outra de fabricação artesanal do mesmo calibre - 4 munições calibre 38; 3 munições calibre 12; 97 petecas de pedra de “óxi” de cocaína; apetrechos para o tráfico de drogas, como linha; fermento; sacos plásticos; balança de precisão e certa quantia em dinheiro.
Ainda, no decorrer das buscas ao bando, foram presos José Luiz Alves Leitão, de apelido "Coroa”; Leonardo de Morais Lima, de apelido "Louro"; Robnilson Moreira da Silva, conhecido como "Robson”; Evandro da Cosa Faro, de apelido "Índio"; Leandro Luís Magalhãaes dos Santos, conhecido como "Léo"; Ana Sueli Moreira da Silva, conhecida como “Su”, e Izabel Cristina Oliveira Favacho, de apelido "Pé Grande". Eles foram encontrados nas cidades de Castanhal e Santa Izabel do Pará, na sexta-feira passada. No momento da abordagem de parte do grupo, no bairro Imperador, em Castanhal, os bandidos receberam a tiros os policiais civis, que revidaram os disparos. Na troca de tiros, um dos policiais civis foi atingido à altura do abdome, porém o colete balístico conteve o impacto do projétil.
Um dos bandidos, José Luiz Alves Leitão, foi atingido na perna e depois foi levado para receber atendimento no hospital municipal. Com os criminosos, os policiais apreenderam três armas de fogo - uma pistola calibre 380 e dois revólveres - oito munições calibre 380 e outras quatro de calibre 38. Durante o interrogatório, os detidos confirmaram que haviam roubado um carro modelo Parati, na cidade de Santa Maria do Pará. "O veículo seria usado durante assalto contra o caminhão de uma distribuidora de bebidas, com sede em Santa Izabel do Pará", salienta Xavier. Ainda em Santa Izabel do Pará, os presos Evandro e Leandro estavam escondendo o veículo roubado e, assim, foram autuados em flagrante pela receptação.
Parte dos acusados já foi presa anteriormente em outras operações policiais na região. Um deles, José Luiz Leitão, já esteve preso no presídio federal de segurança máxima de Catanduvas, no Paraná. Já o preso Leonardo Lima estava foragido do sistema penitenciário do Pará. "A dupla era responsável pelo planejamento e execução dos delitos cometidos pela quadrilha ora desbaratada", explica Luís Xavier. Ao final das buscas ao bando, foram apreendidas cinco armas de fogo; diversas munições; drogas e aparelhos celulares. Os presos vão responder pelos crimes de tentativa de homicídio; porte ilegal de armas de fogo com agravante de as mesmas estarem com numerações raspadas; posse ilegal de arma de fogo; tráfico e associação para fins de tráfico de drogas; formação de quadrilha armada e receptação dolosa. As prisões são decorrentes de diretrizes da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará, por meio da Delegacia Geral de Polícia Civil.
Fonte: PC/PA

Nenhum comentário:

Postar um comentário