segunda-feira, 21 de outubro de 2013

PREFEITO DE VITÓRIA DO XINGU VANDO AMARAL DIZ QUE VAI RECORRER DA CASSAÇÃO

Prefeito Vando diz que vai recorrer da cassaçãoPrefeito Vando diz que vai recorrer da cassação
Erivando Oliveira Amaral e José Caetano Silva de Oliveira tiveram o mandato cassado pela Justiça Eleitoral, a pedido da Coligação “Vitória do Povo” os políticos são acusados de abuso de poder e improbidade administrativa, e foram considerados inelegíveis até 2020. A acusação é de compra de votos votos na eleição de 2012. A decisão cabe recursos em 3 instâncias, No entanto se a decisão do tribunal for mantida em instância superior, uma nova eleição deve ser convocada para definir o prefeito do município.
A decisão foi assinada pelo juiz Horácio de Miranda Lobato Neto, na 18ª Zona Eleitoral de Altamira, no último dia 17. A sentença condenou o então prefeito Erivando Amaral a pagar multa de R$ 30 mil; e multou em R$ 5 mil o vice-prefeito José Caetano. O juiz declarou ainda inválidos os votos que elegeram os investigados, em 2012.
Como os acusados obtiveram 63, 06% dos votos válidos, é possível que o TRE convoque uma nova eleição. “Nesse interim, o cartório eleitoral deve adotar as medidas necessárias para que o Presidente da Câmara de Vitória do Xingu-PA assuma a Chefia do Poder Executivo Municipal, até a realização de novas eleições”, esclarece Horácio de Miranda na sentença. Na decisão, o juiz determinou que os autos sejam encaminhados ao Ministério Público Estadual (MPE), recomendando que, no prazo de 30 dias, informe as providências legais tomadas.
O Site Altamira conseguiu falar com a assessoria de Comunicação de Vitória do Xingu e com o gestor, o prefeito e o vice vão recorrer da decisão.
“Temos o pleno direito de recorrer da decisão tomada, vamos juntar nos autos nossas contra-provas, e queremos com isso levar a outras instâncias nossa defesa como prevê a lei” Disse Vando ao Site Altamira Hoje.Por: Felype Adms (com informações do G1).

Nenhum comentário:

Postar um comentário