sábado, 26 de outubro de 2013

VITÓRIA DO XINGU: PRESIDENTE DA CÂMARA GENILDO DE SOUZA ASSUME PREFEITURA


Presidente da câmara assume prefeitura em Vitória
VITÓRIA DO XINGU, OUTUBRO DE 2013 – Na manha desta sexta-feira (25) tomou posse no município de Vitória do Xingu o prefeito interino que ficará a frente da prefeitura do município. O presidente da câmara de vitória assumiu a gestão pública depois que o prefeito cassado Erivando Amaral e o vice foram afastados dos cargos por decisão do tribunal regional eleitoral por abuso de poder e improbidade administrativa. A sessão ordinária especial contou com presença dos vereadores e população em geral, alguns vereadores utilizaram da palavra para repudiar a decisão do juiz Horácio de Miranda Lobato que cassou os mandados do prefeito e vice.Genildo de Souza Oliveira se comprometeu com a população em dar continuidade aos trabalhos que Erivando Amaral deixou em execução na cidade. Nas eleições de 2012 Genildo foi o vereador mais votado do município, e por unanimidade dos votos, foi escolhido para presidir o poder legislativo municipal.
Na ocasião tomou posse também o vereador interino Marcos da Silva Gama, segundo ele o tempo que estiver no legislativo ira atuar de forma responsável para atender a demanda da população. Com a saída do presidente da câmara para assumir a prefeitura, Renildo Rebelo ficara a frente da casa de lei. 
Durante a realização da posse do prefeito interino não houver nenhuma manifestação contraria a cerimônia, apesar da população já ter se manifestado favorável a Erivando e contra a decisão da justiça  que afastou o político do cargo publico. Na historia de Vitoria do Xingu, esta não é a primeira vez que um gestor público é afastado do cargo pela justiça eleitoral, em 2010 o ex-prefeito Liberalino Neto teve seu mandado cassado, depois de ser acusado de cometer crimes de pedofilia e improbidade administrativa.  
O ex-prefeito Erivando Amaral eleito no ano passado com 63% dos votos já entrou com recurso para recorrer da decisão do TRE PA, mas perdeu a solicitação de recurso o caso segue agora para o TSE.
Por: Hilda Barros
Fonte: www.altamirahoje.net

Nenhum comentário:

Postar um comentário