quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

QUADRILHA ESPECIALIZADA EM ASSALTO A ÔNIBUS É CAPTURADA PELA POLÍCIA MILITAR EM PACAJÁ


A operação denominada “Arapuca”, desenvolvida pelos policiais militares lotados em Pacajá e Maracajá, conseguiu capturar com a “boca na botija”, quatro elementos que estavam de posse de armas e um carro de marca Pálio, de cor preta, e que tentaram assaltar na madrugada desta quarta-feira (10), o ônibus de transporte intermunicipal da empresa Transbrasiliana, que fazia linha de Altamira para Belém.
Os elementos só não lograram êxito, em função a presença de dois PMs que estavam dentro do ônibus no momento da abordagem para o assalto.
A tentativa de assalto ocorreu por volta das 3 h da madrugada, em uma localidade conhecida como “Ladeira da Velha”, na BR 230, rodovia Transamazônica, no trecho entre Pacajá e Maracajá.
No momento da abordagem dos elementos, que armados dispararam tiros contra o ônibus da empresa Tranbrasiliana, exigindo que o condutor parasse o veículo, sendo surpreendidos com a presença dos dois militares, que estavam no ônibus, que revidaram aos tiros, e acertaram no peito um dos meliantes.
Com a atuação dos PMs, os outros assaltantes amedrontados, fugiram do local, no veículo Pálio, os PMs acionaram as guarnições de Pacajá e Maracajá, sendo que o cerco foi fechado na rodovia, ficando inevitável a prisão dos assaltantes.
Os três assaltantes foram presos após perseguição, e apresentados pelo comandante do Destacamento Avançado da PM de Maracajá, Sargento Siqueira e sua equipe, perante a autoridade policial na Delegacia de Pacajá.
O quarto elemento que foi alvejado com um tiro no peito, foi levado para atendimento médico e posteriormente encaminhado para fazer companhia aos demais meliantes, na carceragem da especializada.
Os soldados Keiji e Kerkison, foram cumprimentados por todos os passageiros, graças a prestezas e a ação imediata, evitaram mais um assalto a ônibus intermunicipal na região, que poderia encerrar com danos ainda maiores.
Segundo os PMs, a quadrilha confessou que este seria o quarto assalto realizado neste período  na região, mas não contavam que já estavam sendo monitorados, tanto que com a ação da polícia de plantar militares durante as viagens e intensificar barreiras e o policiamento em horários alternado e de risco nas viagens, conseguiram além de evitar mais um delito, colocar a quadrilha que agia na BR 230, rodovia Transamazônica atrás das grades.
Por: WELLINGTON HUGLESFoto: Wellington HuglesFonte: Jornal de Tucuruí

Nenhum comentário:

Postar um comentário