sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

HOMEM É PRESO ACUSADO DE COMETER ESTELIONATO EM MEDICILÂNDIA (PA)


Homem é preso em Uruará (PA) acusado de cometer estelionato em Medicilândia (PA)
A polícia civil do município de Uruará, investigador José Tadeu e investigador Eládio Cruz, sob o comando do delegado Walison Damasceno, prendeu no início da tarde desta sexta-feira, 30, o nacional, José Ferreira de Sousa, que se diz vendedor e dono de hotel na cidade de Parauapebas (PA), ele está sendo acusado de cometer o crime de estelionato na cidade de Medicilândia, fato ocorrido nesta quinta-feira, 29. De acordo com o delegado da polícia civil de Medicilândia, Manoel do Espírito Santo, o crime foi cometido em uma casa lotérica do referido município onde o acusado tentou fazer uma transação financeira e acabou acusando a atendente de ter sacado indevidamente de sua conta uma quantia de R$ 1.400,00. “Ele chegou na casa lotérica, tirou um saldo e depois tentou fazer um saque, não conseguindo voltou a tirar um novo saldo quando já estava faltando a quantia de R$ 1.400,00”, disse o delegado. Ainda segundo a polícia foi feito uma grande pressão sobre a atendente exercida pelo acusado que forçou a mesma a devolver o valor de R$ 1.400,00 para ele. Mas foi constatado depois que não houve saque na conta do acusado como ele alegava. Ainda de acordo com o delegado o acusado conversou com alguém por telefone antes de voltar a tirar o segundo extrato do saldo de sua conta. “Mas segundo o que já apuramos, ele falou com alguém por telefone antes de tirar o segundo saldo”.
A suspeita é de que alguém teria retirado o valor reclamado pelo acusado nesse intervalo entre a tentativa de saque e a tirada do segundo saldo.
Para a reportagem José Ferreira disse que é vendedor e empresário e que não cometeu o estelionato, que ele tinha a quantia de R$ 9.000,00 na sua conta e havia tentado sacar R$ 700,00 na casa lotérica sem sucesso e depois da tentativa de saque voltou a tirar um novo saldo quando constatou que faltavam R$ 1.400,00 na conta. Depois da confusão veio para a cidade de Uruará onde tirou outro saldo e na sua conta havia novamente os R$ 9.000,00, segundo ele a sua intenção era de devolver os R$ 1.400,00 recebidos da casa lotérica de Medicilândia.
O delegado Manoel do Espírito Santo juntamente com o investigador Gualberto fizeram o recambiamento do acusado para o município de Medicilândia onde o caso será apurado.
Por: Joabe Reis
Fonte: Rádio Regional FM de Uruará

Nenhum comentário:

Postar um comentário