sexta-feira, 29 de maio de 2015

TRABALHADOR É ASSASSINADO PELO PATRÃO

Necrotério do Hospital Municipal de Uruará
A violência no campo vitimou um trabalhador no município de Uruará nesta sexta-feira, 29 de maio de 2015. O crime ocorreu no travessão 190 norte da Transamazônica, distante 23 km do centro urbano. O trabalhador rural, Francisco Rodrigues Pereira, 47 anos, foi assassinado com um tiro de espingarda sendo atingido na boca. O autor do disparo fatal teria sido o patrão de Francisco, principal suspeito de ter cometido o homicídio. O motivo do crime teria sido o furto de um motosserra que o suspeito do homicídio acusava a vítima de ter cometido o furto.

O acusado conhecido pelo apelido de Baiano é meeiro de cacau na propriedade onde o crime ocorreu, para quem a vítima trabalhava há 20 dias.
Francisco ainda chegou com vida ao hospital municipal de Uruará, mas acabou falecendo pouco tempo depois. O trabalhador era bastante conhecido na localidade onde trabalhava a 18 anos nas fazendas da redondeza.
Os investigadores de polícia civil, Eládio Cruz e José Tadeu, designados pelo delegado Walison Damasceno, foram até ao local do crime fazer os primeiros levantamentos investigativos. O acusado de cometer o crime não foi encontrado, o mesmo se encontra foragido e está sendo procurado pela polícia.
O corpo do trabalhador rural será trasladado para a cidade de Rurópolis aonde a família da vítima reside.
Por: Joabe Reis

Nenhum comentário:

Postar um comentário