segunda-feira, 13 de julho de 2015

POLÍCIA CIVIL COMBATE A CIRCULAÇÃO DE MOTOS BARULHENTAS EM BRASIL NOVO


Escapamentos apreendidosEscapamentos apreendidos

A Polícia Civil realizou, neste final de semana, uma operação com objetivo de garantir a paz e a manutenção da ordem pública no município de Brasil Novo, sudeste paraense, em decorrência de diversas reclamações da população por causa do barulho gerado por motocicletas. Esses veículos, explica o delegado Rubens Mattoso, circulam na cidade com o escapamento denominado de “Kadron”, equipamento modificado para potencializar o chamado "ronco" do motor. Nos últimos dias, cinco motos com escapamentos modificados foram apreendidas e os donos autuados pela perturbação do sossego. Outra irregularidade constatada no município, detalha o delegado, é que muitos proprietários permitem que adolescentes sem habilitação conduzam motocicletas. 

Motos apreendidas
Motos apreendidas

Também existem casos já flagrados de veículos com registro de roubo ou furto em trânsito pelo município. Assim, a equipe policial sob comando do delegado Rubens Mattoso, dos investigadores Márcio Gonçalves e Jonelson Pimenta, e do escrivão Giancarlo Borges intensificou o combate às irregularidades envolvendo motos. 
O delegado explica que, como Brasil Novo não dispõe de um órgão municipal de fiscalização de trânsito, a Polícia Civil mantém um trabalho em parceria com o juiz de Direito da Comarca, Alexandre Rizzi, para notificar os infratores e encaminhá-los para uma audiência com o magistrado. "O objetivo é a conscientização sobre as normas constantes no Código de Trânsito Brasileiro, bem como a imputação dos ilícitos praticados", salienta. 
Segundo o delegado, esse tipo de operação será feita de forma constante no município, com base no efeito pedagógico de conscientização dos condutores de moto quanto à manutenção da paz e da ordem pública, e ainda na repressão aos crimes por meio da abertura de procedimentos criminais para responsabilizar os infratores do trânsito e do sossego público.
Por walrimar 
Fonte:http://www.policiacivil.pa.gov.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário