terça-feira, 7 de julho de 2015

POLÍCIA CIVIL INSTAURA INQUÉRITO PARA INVESTIGAR AS CIRCUNSTÂNCIAS DO CRIME DE HOMICÍDIO OCORRIDO NA VICINAL DA CACHOEIRA


Lindemberg Alencar - A vítima
Foi encontrado morto na manhã de domingo (05/07/2015) na Vicinal da Cachoeira, Km 36, às proximidades de uma propriedade rural, circunscrição do Município de Placas, o braçal LINDENBERG FERREIRA DE ALENCAR, brasileiro, solteiro, nascido em Larajeiras do Sul/PR., nascido em 09/02/1958, filho de Conceição de Oliveira e Francisco Ferreira, residente naquela localidade.De acordo com o delegado de polícia civil, Doutor Ariosnaldo da Silva Vital Filho assim que foi comunicado na tarde de domingo sobre o fato passou a tomar providências legais juntamente com a polícia militar local para elucidação do crime e sua autoria.O corpo apresentava vários ferimentos pelo corpo, causados por golpes de facão. A polícia providenciou a remoção do corpo da vítima para o Necrotério Municipal local. Na manhã de hoje, o investigador Hércules dos Santos Araújo juntamente a policiais militares foram até o local do fato para iniciar as investigações preliminares, apurando-se que na noite anterior ao crime, a vítima foi vista ingerindo bebida alcoólica num bar local na companhia de um homem desconhecido.A polícia civil informou que antes do crime Lindenberg foi acusado de ter cometido crimes contra a honra de várias mulheres naquela localidade, o que despertou certa indignação de familiares das vítimas. Fato este que também esta sendo apurado a fim de averiguar se há ou não alguma relação com o crime de homicídio.   
Parte do couro cabeludo da vítima 
Arma usada no crime
O investigador de polícia civil ainda encontrou vestígios do crime no local, inclusive, constatou que a vítima foi assassinada com golpes desferidos com seu próprio facão. Os objetos foram apreendidos e apresentados na delegacia de Rurópolis para as demais providências.O delegado Ariosnaldo Vital Filho informou que na manhã de hoje foram intimadas várias pessoas na comunidade e que já fora delineada uma linha de investigação sobre a autoria do crime, entretanto, a autoridade local não continuará a frente da presidência do inquérito, sendo que o mesmo estará aos cuidados do delegado Celso de Jesus Pereira Saldanha, uma vez que o fato ocorreu em área pertencente à circunscrição do município de Placas. O delegado presidente do inquérito policial, por força de lei, já se encontra no município de Rurópolis procedendo com as oitivas necessárias juntamente com o escrivão Rafael Santana para elucidação do caso. Contudo, o delegado de Rurópolis continuará no auxílio das investigações policiais. As investigações continuarão em sigilo. 
Informações e fotografias: Policia Civil para o Blog Sem Polêmica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário