segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

MOTORISTAS ESPERAM ATÉ 3 HORAS PARA PASSAR USANDO FLUTUANTE NO RIO ARATAÚ


Com o tráfego se intensificando da volta das férias, os motoristas estão tendo que esperar até 3h para conseguir passar pelo Rio Arataú, a 22km de Pacajá sentido Novo Repartimento, na Transamazônica - BR230. Na última sexta-feira um desvio construído pelo DNIT, ficou embaixo d'Água quando o Rio Arataú transbordou com a forte chuva na região.
Nessas imagens registras durante este domingo dá pra ver que o rio baixou o nível, porém os danos causados no aterro não foram reparados,ba travessa continua sendo através de flutuantes, cargas, malas, carros e passageiros enfrentam longas filas para chegar até a outra margem.
Alimentos perecíveis que chegam de São Paulo para Altamira e região estão na segunda opção de prioridade para passar, uma vez que não há outra forma de transpor o local. A ponte antiga que quebrou está sendo reparada com madeira, porém não foi dado uma data a entrega desse trabalho.
Entenda
No dia 15 de dezembro de 2015, um caminhoneiro tentava passar pela ponte sobre o Rio Arataú, a 22 km de Pacajá, quando a estrutura de concreto veio a baixo, ele chegou a ser socorrido por moradores da vila Arataú, mas morreu no Hospital de Novo Repartimento.
É a segunda vez que a ponte cai, em agosto de 2014, um caso parecido deixou o local com tráfego desviado por 3 meses, naquele acidente ninguém morreu.
O desvio construído pelo DNIT ainda em dezembro/2015, já apresentou problemas por duas vezes em janeiro/2016, e segue causando transtornos para motoristas.

Fonte:Facebook Telejornal ATMTV

Nenhum comentário:

Postar um comentário