segunda-feira, 25 de julho de 2016

PAI MATA FILHO E NORA APÓS DESENTENDIMENTO NA ZONA RURAL DE ALTAMIRA

Um crime bárbaro foi registrado na tarde de sexta-feira, 22, no município de Altamira, no sudoeste do Pará, há 110 quilômetros da cidade, na região das Quatro Bocas, no Assurini, onde o pai teria matado seu próprio filho e a esposa do mesmo, com ajuda de outro filho. O crime teria acontecido por volta das 13 horasConforme o levantamento da ocorrência, um dos autores, que é irmão da vítima, soube que sua cunhada o denunciou à polícia acusando-o de roubo. Por conta disso, houve um desentendimento entre os mesmos. Posteriormente, o acusado comentou com outras pessoas que a mataria, e na tarde do dia 22, sexta-feira, chamou seu pai e juntos foram até à residência do casal, Nelson Thome Farias e sua esposa conhecida por Nete, sendo Nelson irmão e filho dos autores do homicídio e Nete era a cunhada e nora.Eles foram mortos a tiros e ainda teve a residência incendiada.
Os corpos das vítimas foram trazidos para Altamira pelo Centro de Perícias Renato Chaves e a polícia civil instaurou inquérito para apurar os fatos.
Os acusados, Acrizio de Sousa e seu filho Donato, pai e irmão da vítima, respectivamente, até o fechamento desta matéria ainda não tinham sido localizados e presos.
O fato ocorreu no travessão do Cajueiro, a 110 quilômetros de Altamira, na Trans Assurini.

O serviço 190 recebeu a informação de um possível homicídio ocorrido na região e de  imediato uma guarnição da Polícia Militar e Polícia Civil se deslocaram em diligências para o local em busca de maiores informações.
Por: Getulio Travassos

Nenhum comentário:

Postar um comentário