quarta-feira, 24 de agosto de 2016

ASSALTO FRUSTRADO TERMINA COM UM MORTO

O plano de invadir e roubar uma residência, localizada no conjunto Maguari, em Icoaraci, estava traçado por Anderson Monteiro da Silva, Marcos Pereira Alves, 40 anos, e um terceiro integrante que conseguiu fugir. Mas, como nem todo plano é perfeito, a ação foi frustrada para o bando, já que um sargento PM, que mora ao lado da residência invadida, interceptou e atirou contra o bando, matando Marcos Pereira Alves.
No início estava dando tudo certo para o bando. Os quatro integrantes conseguiram invadir a residência e, após fazerem os moradores reféns, levaram uma TV de Led de 40 polegadas, 4 aparelhos smartphones e uma sacola de joias. “Vivemos momentos de terror nas mãos dos bandidos. Ainda bem que não fizeram nada contra nós e só levaram nossos pertences”, disse um morador que não quis se identificar.
Anderson Monteiro da Silva foi preso em flagrante e levado para a polícia (Foto: Mário Quadros)

Ao saírem da casa, um carro modelo Palio da cor vermelha esperava para dar fuga aos criminosos e transportar os pertences das vítimas. Mas a quadrilha não contava com a chegada de um policial militar. Ao perceberem a presença do PM, começou a troca de tiros entre eles, que culminou na morte do acusado Marcos Pereira Alves.
O policial que interveio na ação disse que, no momento em que chegou ao local, foi reconhecido pelo acusado. “Eu estava com meus familiares e os vimos fugindo da casa. Eles vieram para cima da gente e um deles me reconheceu como PM. Ele sacou a arma para atirar, mas eu também saquei a minha e começamos a troca de tiros”, detalhou o militar, que pediu para não ser identificado.
Na troca de tiros, o sargento PM acertou quatro tiros em Marcos Pereira Alves, no tórax, nádegas e na panturrilha esquerda. Ele morreu na hora, segundo os peritos criminais. Além dele, o sobrinho do policial, que também não teve o nome revelado, foi atingido na perna, mas foi socorrido, encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde recebeu atendimento, e foi liberado.
Anderson Monteiro da Silva, que participou do assalto à residência, foi reconhecido pelo sargento PM. Ele foi detido e conduzido para a Seccional de Icoaraci, onde o caso foi registrado. Um terceiro envolvido no crime conseguiu fugir a pé antes da chegada da polícia, por isso não foi identificado.
O carro usado pelo trio também foi apreendido pela polícia. No veículo, estavam os pertences roubados das vítimas, que haviam sido guardados pelos suspeitos. O automóvel estava com placa clonada, o que indicava que também era roubado.
(Alexandre Nascimento/Diário do Pará)

Nenhum comentário:

Postar um comentário