sexta-feira, 11 de novembro de 2016

MÃE DESCUMPRE ORDEM JUDICIAL E DESAPARECE COM CRIANÇA EM ALTAMIRA


O menino saiu com a mãe da casa da avó, no Bairro Mutirão, na última sexta-feira (04) e deveria ter voltado até às seis horas da tarde de domingo (06), como determinado pelo juiz, o que não aconteceu. Preocupada, Izabel Rodrigues da Silva, avó do garoto, tentou ligar para a mãe do menor, mas não conseguiu contato. A família se mobilizou para tentar encontrá-lo, porém não obtiveram informações sobre o paradeiro dele. Passadas às 24 horas do desaparecimento, Izabel foi até a delegacia registrar um boletim de ocorrência. Desesperada, a dona de casa pede ajuda para encontrar o menino.O menino de nove anos mora com os avós desde os três anos de idade, quando a mãe dele, Neuzonira Ferreira dos Santos, se separou do pai dele. Na ocasião, o conselho tutelar entendeu que o garoto deveria ficar com a avó, já que a mãe não tinha onde ficar com a criança. Este ano Neuzonira, mãe do menor, entrou com uma ação na justiça para requerer a guarda do filho, mas o pedido foi negado pelo juiz responsável pelo caso, que concedeu a guarda provisória para a avó e permitiu que a mãe ficasse com o menino apenas nos finais de semana e de quinze em quinze dias.Até que saia a sentença final, a guarda provisória da criança fica com a avó. Para Fábio Soares, advogado da família, a situação é bastante delicada. Como a mãe do garoto descumpriu uma ordem judicial, ele pediu a busca e apreensão de Neuzonira Ferreira e do menor ao juiz.A avó está bastante abalada com a ausência do neto, que para ela já se tornou um filho. Fonte: Vale do Xingu

Nenhum comentário:

Postar um comentário