quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

AUMENTA O NÚMERO DE JOVENS QUEREM SEGUIR CARREIRA MILITAR

95%Das pessoas que se alistaram no Exército Brasileiro em 2015 no Estado do Pará foram voluntárias. Os dados foram levantados pelo Comando Militar no Norte. O aumento da procura pela carreira militar está relacionado ao sonho de muitos jovens e, também, à falta de oportunidades no mercado de trabalho, que passa por um momento delicado. Só em Altamira, cerca de 16 mil pessoas perderam o emprego no último ano, segundo o departamento intersindical de estatística e estudos socioeconômicos.
Só em março de 2016, 166 soldados foram incorporados ao 51º Batalhão de Infantaria de Selva de Altamira. Conhecendo melhor a estrutura do exército, muitos destes jovens vêem no ingresso às forças armadas a realização de um sonho. É o caso de Rodrigo. Aos 19 anos, que concilia o exército com um cursinho pré-vestibular. Ele pretende cursar Engenharia Civil e prestar concurso público para seguir a carreira militar. De acordo com o soldado, uma carreira promissora e cheia de vantagens.
O período de alistamento, obrigatório para jovens do sexo masculino a partir dos 18 anos, vai até 30 de junho e pode ser feito na Junta Militar ou pelo site www.alistamento.eb.mil.br.  São necessárias cópias da certidão de nascimento, comprovante de residência e uma foto 3x4 recente. Descumprir as obrigações impede a retirada de passaporte, ingresso no serviço público ou a matrícula em qualquer instituição de ensino. Mas, com as mudanças nesta última década, muita gente prefere não arriscar e aproveitar a oportunidade.
Reportagem: Juliana Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário