quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

FAMÍLIA MANTÉM JOVEM VIVA PARA DAR A LUZ A GÊMEOS

A família da jovem Frankielen da Silva Zampoli, de 21 anos, viveu um drama comovente no início desta semana. A jovem estava grávida de gêmeos quando teve uma hemorragia cerebral. 
amiliares da jovem decidiram mantê-la viva, mesmo depois da morte cerebral, para salvar os bebês, que nasceram na segunda-feira (20). Foram 123 dias de uma batalha pela vida.
Com apenas dois meses de gestação, a mãe deu entrada no hospital com uma hemorragia grave no cérebro e três dias depois, foi constatada a morte cerebral.
Como dentro da jovem batiam dois corações: o de Azaphi e o de Ana Vitória, o desafio da equipe médica era manter o corpo da mãe funcionando para que os bebês pudessem se desenvolver.
A gravidez foi monitorada 24 horas por dia e acompanhada de perto por profissionais e familiares, que para que os bebês sentissem o afeto que a mãe não podia dar, acariciavam a barriga, conversavam e cantavam para os gêmeos.
Segundo os médicos, ainda é muito cedo para dizer se os bebês vão se desenvolver normalmente ou se ficaram sequelas.
Os órgãos de Frankielen foram doados. O corpo da jovem foi velado nesta quarta-feira (22) e deve ser enterrado nesta tarde, em Contenda, na Região Metropolitana de Curitiba.
(Com informações do UOL) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário