quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

MOVIMENTO ATINGIDOS POR BARRAGEM ERGUE ACAMPAMENTO EM FRENTE A NORTE ENERGIA


Começou nesta manhã de quarta-feira (15), um protesto de moradores da lagoa do do Bairro Independente 1, em Altamira no sudoeste do Pará. Reconhecidos pela justiça como atingidos pela Usina de Belo Monte, eles montaram acampamento para aguardar respostas da empresa responsável pela Hidrelétrica.
Há meses com a decisão da justiça obrigado a empresa a cadastrar os moradores e fazer o levantamento sócio econômico das mais de 500 família que estão na área, até o momento esse trabalho anda a passos lentos, o que revoltou os moradores.
ENTENDA:
Desde o início da construção da Usina de Belo Monte na Volta Grande do Xingu, que moradores reclamam que as famílias foram obrigadas a morar nas condições sub-humano em uma área de lagoa, devido aos altos aluguéis, agora as famílias também apresentam uma série de problemas no saneamento na qual as famílias exclusão do projeto da Gel Engenharia que construiu o sistema de esgotamento sanitário e distribuição de água.
São cerca de 500 famílias, eles vem ocupando a sede do Ibama em Altamira desde 26 de Setembro de 2016, as famílias através do MAB já conseguiram na justiça uma decisão que reconhece essas pessoas como atingidas por Belo Monte, a decisão judicial também obriga a Norte Energia de realizar o cadastro socioeconômico dos moradores e montar um plano de realocação, mas esse cadastro tem demoram é causado mais protestos.
Por: Felype Adms 
Foto: MAB

Nenhum comentário:

Postar um comentário