quinta-feira, 9 de março de 2017

APAE PROTESTA CONTRA FIM DOS CONTRADOS

A manifestação de alunos, pais e funcionários da APAE na manhã desta quarta-feira (08) foi uma resposta a uma decisão divulgada na última sexta-feira (03). A gestão da 10° Unidade Regional de Educação convidou servidores da associação de pais e amigos dos excepcionais, a APAE de Altamira, para uma reunião. Lá, seis professores, 2 auxiliares, um secretário e o diretor da instituição, vinculados ao estado, foram informados de sua realocação para outras escolas. A caminhada em protesto seguiu pela Avenida Tancredo Neves, acompanhada por um carro de som e vans da instituição, e terminou em frente à URE, onde os manifestantes permaneceram por um tempo.
A história se estende desde dezembro de 2014, quando o convênio venceu. Enquanto aguardavam uma resposta do Governo do Estado, os Apaeanos viram diversos servidores se aposentando sem poder pedir a renovação do quadro. Uma das principais críticas à medida é à carência de atendimento a alunos excepcionais por parte do governo. Os manifestantes afirmam que é contraditório o estado não oferecer o serviço e, ainda assim, impedir a continuidade de quem o fornece.
São 21 anos de Apae em Altamira, recebendo pessoas que têm entre zero e mais de 60 anos de idade e abrangendo outros municípios como Vitória do Xingu, Anapu, Brasil Novo  e Uruará. Apesar da pressão, os Apaeanos dizem que não vão abrir mão de seus direitos. No espaço, os atendidos têm acesso a várias atividades que ajudam a desenvolver a coordenação motora e executar ações importantes para a independência e socialização. Entre elas capoeira, natação, futebol e festividades.
O gestor da Ure recebeu, ainda no final da manhã, representantes da Associação e o Promotor Público Estadual, Antônio Dias. Wendel Rabello recebeu documentação da Apae comprovando que os alunos permanecem matriculados. Agora, os manifestantes aguardam a resposta da Secretaria de Educação do Estado para os próximos dias.
Reportagem: Juliana Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário