sexta-feira, 17 de março de 2017

CRIANÇA DE ALENQUER MORRE COM SUSPEITA DE FEBRE AMARELA NO REGIONAL

O menino de 11 anos, que veio do município de Alenquer apresentando sinais de ter contraído febre amarela, veio a óbito nesta quinta-feira(16) na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Regional do  Baixo Amazonas (HRBA).
A família do menino reside em uma comunidade rural, onde em fevereiro foi encontrado um macaco morto, cujo exames realizados pelo Instituto Evandro Chagas comprovaram que o animal morreu devido à febre amarela.
Apresentando sintomas como febre alta, vômito e dor de cabeça, a criança foi internada às pressas no Hospital Santo Antônio, em Alenquer. Como seu quadro não apresentava melhora, após os médicos avaliarem seu quadro clínico, foi transferida para Hospital Municipal de Santarém(HMS), e em seguida transferida para o Regional.
De acordo com o HRBA, além da febre amarela, há também a suspeita de leptospirose, doença transmitida pela urina e fezes de roedores. Um fato que chamou à atenção dos profissionais de saúde que atenderam o menino, é que a carteira de vacinação aponta que a criança não recebeu imunização contra a febre amarela.
Em nota encaminhada a nossa reportagem, o HRBA informou que o paciente internado na UTI, com suspeita de febre amarela e leptospirose, faleceu no início da tarde desta quinta. Segundo a nota, todas as providências para a investigação do caso já foram tomadas pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). A Sespa ressalta que não há confirmação de febre amarela e aguarda o resultado da coleta feita pelo Laboratório Central do Estado (Lacen).
RG 15 / O Impacto

Nenhum comentário:

Postar um comentário