segunda-feira, 15 de maio de 2017

BAIXA PROCURA POR VACINA CONTRA GRIPE PREOCUPA AUTORIDADES EM SAÚDE NO PARÁ

A baixa procura por vacinas contra a gripe está preocupando as autoridades em saúde no Pará. A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sespa) estima que apenas 12,65% da população tenham comparecido aos postos de saúde para fazer a imunização contra o vírus.
Há cidades em que a situação é alarmante: em Marabá, no sudeste do Pará, o número chega a 10,9%. Já nos municípios de Melgaço e Curralinho, localizados no arquipélago do Marajó, a cobertura vacinal é de menos de 3%. E em Oeiras do Pará, na região nordeste do estado, nenhuma pessoa foi vacinada.
Em Paragominas, nordeste do estado, a procura pela vacina contra gripe também é baixa e o índice de pessoas vacinadas chega a pouco mais de 15%, estimativa semelhante ao índice de vacinados em Belém.
Os números são considerados muito abaixo do esperado, por isso, uma grande ação de saúde está sendo preparada para o próximo sábado (13) para alertar sobre a importância da imunização.
Segundo a Sespa, em 2015, uma pessoa morreu vítima do H1N1 no Pará, mas no ano passado, esse o número subiu para 23.
A campanha objetiva proteger contra o vírus os trabalhadores de saúde, idosos com mais de 60 anos, indígenas que moram em aldeias, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos que cumprem medidas socioeducativas. As informações são do G1 Pará.

Nenhum comentário:

Postar um comentário