terça-feira, 6 de junho de 2017

REINTEGRAÇÃO DE POSSE CAUSA REVOLTA E PROTESTO EM VITÓRIA DO XINGU



Cerca de 500 famílias que residem nas ocupações conhecidas por “Lixão” e “Laticínio”, no município de Vitória do Xingu, a cerca de 45 quilômetros de Altamira, Sudoeste do Pará, viveram na manhã deste sábado, 03 de junho, momentos de terror.
Um oficial de justiça e cerca de 10 Polícias Civil que cumpriu um mandato de reintegração pedido na justiça pelo ex-prefeito Liberalino de Almeida Neto, o Liber, candidato derrotado nas últimas eleições municipais, usando tratores e outros maquinários derrubaram imóveis para cumprir o mandato judicial.
A ação que derrubou casas, plantações e outros benefícios foi marcado por revolta e protestos dos moradores que residem no local a cerca de 5 anos. Servidores municipais que residem no local garante que o ex-prefeito estaria se vingando por não ter tido êxito nas eleições municipais. “Cheguei era só mato, plantei, tinha hortas e frutas no local, e o trator destruir tudo" - disse o aposentado Bernardo de 82 anos, em lagrimas.Tentamos localizar o atual prefeito José Caetano que segundo informações teria dito que o local seria desapropriado, já que as duas ocupações já estão urbanizadas.
Tivemos informações que as duas ocupações eram aéreas que pertencia ao município, mas que o então prefeito e hoje proprietário da área Liberalino Neto teria documentado as terras como de sua propriedade. Tentamos localizar o ex-prefeito, porém não tivemos êxito.
Algumas famílias atingidas pela mandato, disseram que alguns polícias agiram de maneira brutal e truculento.
Por: Hiromar Cardoso
Fonte: Blog do Xarope

Nenhum comentário:

Postar um comentário